Imprensa

Qualificação é o diferencial dos profissionais de gastronomia
Além do talento, é necessário estudo e muita dedicação
 
O mercado baiano oferece uma boa gama de oportunidades para os profissionais de gastronomia. No entanto, é preciso investir muito em qualificação e atualização de conhecimentos. De acordo com a coordenadora do curso de Gastronomia da Estácio FIB, Seliz Grassini, além do talento, é necessário estudo e muita dedicação. 
 
Segundo a professora, mesmo com o aumento do número de cursos de Gastronomia, ainda é difícil encontrar mão de obra especializada em Salvador. Por isso, muitos empresários ainda importam profissionais do eixo Sul/Sudeste. “A qualificação dos profissionais está evoluindo devido à quantidade de oferta de cursos na cidade. Mas o mercado é extremamente seletivo, então, aqueles que se destacarem, encontrarão as melhores oportunidades. Por isso, os nossos profissionais devem se qualificar cada vez mais para competir com quem vem de fora”, afirma Seliz. 
 
O bom profissional deve ter conhecimentos sólidos em Gastronomia, tendências atuais e em gestão de restaurantes. É preciso investir constantemente em novos conhecimentos. “Os profissionais devem ser persistentes, pacientes, corajosos e, sobretudo, humildes para aprender sempre”, declara a coordenadora.
 
O Curso Superior Tecnológico de Gastronomia da Estácio FIB forma cerca de 40 alunos por semestre. O gastrólogo pode trabalhar como pesquisador, crítico de revistas, chef de cozinha, consultor, na criação de produtos, entre outras funções. Seliz considera que este é um bom momento para investir nesta carreira. “As áreas de atuação são variadíssimas e em todos os cantos da cidade. A hotelaria emprega grande número de profissionais e os restaurantes também. A maioria dos alunos que sai das faculdades encontra rapidamente trabalhos ou estágios na área”, ressalta.
 
A professora afirma que tendências como “finger foods”, que são petiscos e canapés feitos para comer com as mãos sem o uso de talheres, e “slow foods” que é um movimento que prioriza a conjunção entre prazer e alimentação, utilizando alimentos orgânicos, têm ganhado espaço. 
 
Outra técnica que está em evidência é a cozinha “tecnoemocional”. “É uma cozinha que se apropria dos saberes de outras áreas como a física e a química. Ela surpreende com suas esferas, espumas e sorvetes produzidos em poucos minutos. Acredito que essa cozinha vai ser útil para a alimentação de pacientes em hospitais, impedidos de comerem alimentos em sua consistência normal. Inclusive estamos iniciando, aqui na faculdade, uma pesquisa com alimentos modificados por essas técnicas moleculares para serem oferecidos às pessoas com dificuldades de se alimentar normalmente”, destaca Seliz. 
 
Sobre a Estácio
 
Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio foi fundada há 42 anos. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, um corpo docente de 7,5 mil professores e 271,5 mil alunos matriculados. Formada por 38 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 20 estados.
 
Com um total de 74 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas. Dispõe, também, de cursos de Pós-graduação lato-sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa.
 
A Estácio mantém parcerias acadêmicas com a Ecole Hôtelière de Lausanne (Hotelaria suíça), a Alain Ducasse Formation (Gastronomia francesa) e a Universidade de Coimbra (Direito em Portugal). Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta personalizada de material didático aos alunos, sem custo adicional. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, com o pagamento integral dos direitos autorais. Em 2011, o material didático começou a ser disponibilizado para novos alunos em tablets.
 
Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade Ponto Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Indira Naiara
Contatos: (71) 3013-3211; 3241-8711; 8876-3502; 8876-3503