Imprensa

Candidatos a voluntários nos Jogos Olímpicos Rio 2016 podem se inscrever na Estácio FIB em Salvador
A instituição liberou o acesso a nove de seus laboratórios de informática em cinco estados para esta finalidade, incluindo a Bahia.
 
Os interessados no Programa de Voluntariado Rio 2016 que não têm acesso a computadores ou à internet já podem realizar sua inscrição de forma gratuita na Estácio, em Salvador. A instituição liberou o acesso a nove de seus laboratórios de informática em cinco estados para esta finalidade, incluindo a Bahia. Uma equipe treinada pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 está nestes locais para tirar dúvidas. As inscrições vão até 15 de novembro e devem ser feitas através do site do Rio 2016 (http://rio2016.com/voluntarios). São esperadas ao todo cerca de 300 mil inscrições.
 
Os computadores estão sendo disponibilizados desde o dia 01 de setembro nos seguintes campi da instituição de ensino: Rio de Janeiro (campi Nova América, Tom Jobim e Presidente Vargas), São Paulo (campi Interlagos, Jabaquara e Vila dos Remédios), Belo Horizonte (unidade Prado), Salvador (campus Gilberto Gil) e Distrito Federal (campus Estácio FACITEC, em Taguatinga).
 
É também na Estácio que será realizada, entre fevereiro de 2015 e maio de 2016, a fase de seleção dos voluntários inscritos. A instituição de ensino irá ceder suas instalações em 10 cidades para que a Rio 2016 possa selecionar cerca de 70 mil voluntários dentre o número total de inscritos. Os campi que serão utilizados inicialmente para essa triagem são: Rio de Janeiro (campi Presidente Vargas e Tom Jobim), São Paulo (campus Chácara Flora), Belo Horizonte (campus Floresta), Distrito Federal (campus Estácio FACITEC, em Taguatinga) e Salvador (campus Gilberto Gil).
 
No período de fevereiro a julho de 2016, terão início os treinamentos da força de trabalho para os Jogos Olímpicos. Estão previstos cursos presenciais, online e híbridos, de acordo com o tema. Parte dos treinamento será dada pelos professores da Estácio e parte pelas equipes do Comitê Rio 2016.
 
A Estácio assinou contrato de Apoiador Oficial dos Jogos Olímpicos com o Comitê Rio 2016 e será uma das principais parceiras na área de treinamento dos Jogos. A instituição de ensino, presente em 21 estados e no Distrito Federal, com mais de 395 mil alunos, será a responsável pela capacitação das 120 mil pessoas que vão trabalhar no evento esportivo. No total, a Estácio vai criar 1.600 conteúdos de cursos diferentes. São módulos de 4 a 12 horas de duração com temas determinados pelo Rio 2016, como “Excelência em Serviços”, “Liderança”, entre outros, sendo a maior parte dos cursos de treinamento técnico de funções, entre as 70 instalações de competição e não competição dos Jogos. Nos próximos dois anos a Estácio, que tem mais de 8 mil docentes, vai mobilizar uma equipe de mais de 200 pessoas, grande parte delas de professores e conteudistas para desenvolverem estes cursos.
 
 
Experiência em eventos internacionais
 
A presença da Estácio em grandes eventos já é uma tradição. Seja por meio da participação dos alunos de todo o Brasil, seja como responsável pela capacitação dos participantes. Nas edições do Rock in Rio 2011 e 2013, por exemplo, a Estácio mobilizou centenas de alunos que atuaram como voluntários nas diversas áreas do festival. Alunos de Comunicação, Hotelaria, Cinema, Gastronomia e Marketing, entre outros, tiveram uma oportunidade única de atuar num evento deste porte, ao lado de profissionais de grande experiência internacional.
 
Na Jornada Mundial da Juventude, em 2013, a Estácio foi responsável pelo treinamento de cerca de 70 mil voluntários, brasileiros e estrangeiros, que trabalhariam na orientação dos peregrinos. O conteúdo do treinamento foi disponibilizado na plataforma de Ensino a Distância (EAD) da Estácio.  Outros exemplos de eventos de grande porte em que a Estácio teve participação ativa são os Jogos Mundiais Militares, os XV Jogos Pan-americanos e Para Pan-americanos - Rio 2007 e o Rio + Hospitaleiro.
 
Ligação genuína com o esporte 
 
O “Estácio no Esporte” é um dos quatro pilares do Programa de Responsabilidade Corporativa da Estácio. Os outros são “Estácio Cultural”, “Estácio Voluntário” e “Estácio na Escola”. Por meio do “Estácio no Esporte”, a instituição apoia mais de 100 atletas, seja por meio de concessão de bolsas de estudos, seja com patrocínio. A Estácio patrocina o time oficial de Basquete do Flamengo e atletas como como Marcelinho Machado, do Basquete, o surfista nº 1 do Brasil, Adriano de Souza (Mineirinho), o tenista Bruno Soares, a ginasta Daniele Hypolito, o medalhista dos saltos ornamentais Cassius Duran e a recordista sul-americana em salto à distância Bárbara Leôncio. Mas a maior parte do grupo apoiado pela instituição é de atletas em início de carreira, muitos de comunidades carentes, e outros que já são promessas brasileiras para os Jogos Olímpicos Rio 2016. A Estácio também apoia instituições ligadas ao esporte, como a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, o Instituto Olímpico Brasileiro, a Fundação Crianças, Morada, NTC – Tênis, Fundação Crianças, o Instituto Kinder, o Instituto Fernanda Keller, o Instituto Reação, do ex-judoca Flavio Canto; o Instituto Criar, do apresentador Luciano Huck; e o Instituto Tennis Route.