Imprensa

Baiano de Velocidade na Terra decide título em Camaçari
Esta é a primeira vez que a prova acontece dentro de cidade

O Campeonato Baiano de Velocidade na Terra vai sacudir a cidade de Camaçari, com as maiores feras baianas da modalidade automotiva que mais cresce no país. A competição acontece no domingo (24), às 10h, no Circuito de Velocidade na Terra de Camaçari (ao lado Estádio Municipal Armando Oliveira). Esta é a primeira vez que a prova ocorre dentro do município e nada melhor que uma final para estrear no centro da cidade.

A Etapa estava prevista para o dia 03 de novembro, mas precisou ser adiada por causa das fortes chuvas. Serão quatro acirradas baterias, categorias Speed e Turismo, sendo que as duas da Speed (Fuscas), a pontuação vale por duas etapas, o que está deixando ainda mais apimentada a luta pelo título de campeão baiano.

Os treinos livres (aberto ao público) acontecem no sábado (23), às 9h. As tomadas de tempo serão no domingo, às 10h, e a primeira bateria larga às 11 horas. A previsão é que, se tudo correr bem, a premiação dos vencedores ocorra às 14h30min.

O circuito possui 1.300 metros de extensão e 12 metros de largura, em sentido anti-horário. O público que comparecer ao Circuito de Velocidade na Terra de Camaçari vai encontrar uma excelente infraestrutura, com lanches, bebidas, banheiros químicos, sonorização do local e muita animação entre as torcidas organizadas que prometem encher as arquibancadas naturais do Circuito. O ingresso no circuito custa R$ 10,00.


A Competição

As duas baterias para a decisão do título da categoria Speed devem produzir faíscas entre os pilotos Hamilton Santos (líder), que precisa chegar em segundo nas duas baterias, Aureliano Campos, o conhecido Lelo Bala, que precisa vencer as duas e torcer por um tropeço do Líder.

Hamilton chega com vantagem no domingo para conquistar seu primeiro título baiano da competição, mas Lelo Bala promete vender caro esse troféu de campeão. A única coisa que se pode garantir é o show que os pilotos prometem dar na pista. Melhor para o público, que não vai conseguir piscar os olhos.

Na categoria Turismo o título já tem dono, o piloto Leri Ricardo. Mas se engana quem acha que as disputas acabaram, porque agora vale o vice-campeonato. Matheus Lima, o Jegão, disputa com Gutemberg Araújo, o Guto Guincho, o direito de ficar com o título de vice. Os dois pilotos estão empatados e prometem disputar cada centímetro da pista do Ferreirão.

O Campeonato Baiano de Velocidade na Terra é uma realização do Clube de Automobilismo da Bahia, supervisionado pela Federação de Automobilismo da Bahia (FAB). O evento conta com o patrocínio da Distribuidora de Combustíveis Petrobahia S.A, do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia e FazAtleta e apoio da Prefeitura Municipal de Camaçari, através da Secretaria do Esporte e Lazer e Secretaria de Turismo.