Imprensa

Estácio anuncia projeto nacional que prevê apoio às escolas públicas
Em fase de planejamento, a iniciativa foi anunciada durante o 5º Fórum Anual de Docentes. A Bahia, além de outros 19 estados e do Distrito Federal, também será contemplada pelo projeto de responsabilidade social


A Estácio está estruturando um projeto nacional que prevê a formação de parcerias entre as 39 instituições de Ensino Superior da rede e as secretarias de Educação dos municípios onde o Grupo está presente. A proposta foi apresentada durante o 5º Fórum Anual de Docentes Estácio, que acontece até hoje (08). A secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, Claudia Costin, uma das palestrantes do Fórum, aprovou a iniciativa.

O projeto ainda está em fase de planejamento, mas já está confirmada a participação do Centro Universitário Estácio da Bahia (Estácio-FIB), que deve adotar uma escola municipal, a exemplo do que vai ocorrer em todas as cidades onde a rede mantém faculdades, centros universitários ou universidades.

“Começamos a trabalhar nesse grande projeto de responsabilidade social no início deste ano e a partir de agora vamos procurar as secretarias municipais de Educação, para ouvir e entender quais são as dificuldades enfrentadas e como podemos contribuir”, afirmou o presidente do Grupo Estácio, Rogério Melzi, durante o 5º Fórum Anual de Docentes Estácio, que acontece no Rio de Janeiro.

O diretor de Relações Institucionais da Estácio, João Luis Barroso, afirma que o Grupo pode contribuir para a melhoria da qualidade do ensino nas escolas municipais, compartilhando experiências na área de gestão para a educação. “Nosso objetivo é ajudar a melhorar a qualidade do ensino médio e fundamental no Brasil, mas acredito que, em um primeiro momento, esse projeto estará mais focado no ensino médio. Barroso ressalta que a Estácio pode agregar valor à gestão escolar, através de ferramentas de capacitação e melhoria de processos.

Sobre a Estácio

Um dos maiores e mais conceituados grupos de ensino superior da América Latina, a Estácio atua há 42 anos no país. A instituição, presente em todas as regiões geográficas do Brasil, possui cerca de 4 mil funcionários, corpo docente de 7,5 mil professores e 334,2 mil alunos matriculados. Formada por 39 instituições de Ensino Superior, entre Universidades, Centros Universitários e Faculdades, está presente em 20 estados e no Distrito Federal. Com um total de 77 campi, a instituição oferece diversos cursos presenciais e a distância de Graduação Tradicional, Tecnológica e Licenciatura nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas, cursos de pós-graduação lato sensu presenciais e a distância, cinco cursos de Mestrado e três cursos de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação), avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (Capes), além de cursos de extensão e educação corporativa.

Um dos principais diferenciais da Estácio é a oferta de material didático gratuito aos alunos. São capítulos integrais das melhores obras para cada disciplina e curso, oferecidas aos alunos com o pagamento, pela instituição, dos direitos autorais devidos. E há dois anos a Estácio inovou mais uma vez: cerca de 20 mil novos alunos já recebem o material didático do curso em um tablet. Além dos conteúdos de cada aula, de cada disciplina, o tablet traz ainda simulados, uma rede social exclusiva para os alunos (a Didátic@), chats, biblioteca virtual, entre vários outros materiais. A Estácio aposta na tecnologia e na inovação como ferramentas que ampliam e transformam as oportunidades de aprendizado dos seus alunos.